Sobre Amores e Sementes – Marcos Mairton

Sobre Amores e Sementes – Marcos Mairton

Amores mal resolvidos
Nunca morrem totalmente,
Ficam só adormecidos
Dentro da alma da gente.

O seu sono se parece
Com o sono da semente,
Que, guardada, permanece
Em seu estado latente,

Mas basta cobrir de terra
E regar suavemente
Que a longa noite se encerra
E ela acorda novamente.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *